Roberto Delanne

Roberto Delanne
(... a março de 2006)

Esta página está feita em memória a Roberto Delanne e tem a intenção de fazer o que não se conseguiu “mais formalmente”: finalizar as buscas do paradeiro de Roberto Delanne e fazer ampla divulgação dos fatos que envolveram seu desaparecimento.


O começo da busca:

Roberto Delanne desapareceu de sua casa em Imbariê, em 17 de março de 2006. Em abril do mesmo ano, foi formado o Grupo de Trabalho Roberto Delanne (GT-Delanne) com a incumbência de buscar fatos que pudessem explicitar os acontecimentos até encontrar o corpo do professor, amigo, cidadão, contribuinte e militante do Movimento Negro, Roberto Delanne, cujo corpo jamais foi localizado pelas autoridades policiais, como tantos milhares de desaparecimentos.

Documentos - cartazes e divulgação

Documento apresentado a autoridades

Homenagem

Homenagem na abertura do evento "Lançamento dos Cadernos CEAP" - vídeo com pequeninas tomadas (em camara fotográfica) da abertura do evento "Lançamento dos Cadernos CEAP", em 2006-05-15, na ABI, que abriu espaço para homenagear Roberto Delanne. Januário Garcia fez a chamada nominal de cada entidade participante do GT-Delanne e falou da importâncias de Roberto Delanne. Ao transcorrer o evento do CEAP, Vanda Ferreira fez louvor ao nome de Delanne.

Januário Garcia é o porta-voz da homenagem



Visibilidade

Membros do GT sempre estiveram presentes em eventos lembrando sobre a tarefa que tinham assumido. Etiqueta para peito em eventos – visibilidade permanente.


Um ano depois:
  • Homenagem na ABI, iniciativa de André Malraux e jornalistas

Três anos depois:

Em setembro de 2009, “os remanescentes” (desde 2007) tentaram “fechar” os trabalhos. Nesse momento, o GT-Delanne (apenas com "remanescentes") já tinha acesso ao Inquérito e tentou um evento (Projeto Ponto Final) para o qual não conseguiu financiamento. 

Que Delanne descanse em Paz, na plenitude das verdades de Zumbi, Biko e tantos e tantas mais que lutaram para a eliminação do racismo.

  • Um poema de Delanne: Mulher, que escolhemos para marcar o mês de março de seu desaparecimento.


Clicar neste botão  Print Friendly and PDF  para imprimir esta página.

____________________


Um comentário:

  1. José dos Santos Oliveira - Diretor do CEPERJ5 de fevereiro de 2011 15:00

    Minha querida amiga Ana Felipe, inicialmente nossos sinceros parabéns pela harmonia, leveza e beleza do trabalho apresentado. Ana é muito gratificante, ver concluído nosso trabalho marcado com esta sua peculiar competência e seriedade no trato das coisas.
    É bem verdade, que você, eu, Luiz Carlos Gá, Adagoberto e Miro Nunes, pretendíamos encerrar este caso com a apresentação da revista DELANNE PONTO FINAL, entretanto não foi possível. Felizmente, você conseguiu nos contemplar a todos com este final feliz.
    Ana, parabéns! Valeu a pena a nossa luta para o esclarecimento dos fatos que vitimou nosso querido companheiro e amigo Prof. Roberto Delanne. Minha companheira, não tenho palavras para externar a emoção e agradecimento, com a apresentação deste bonito trabalho. Você é demais, Parabéns!

    José dos Santos Oliveira
    Diretor do Centro de Pesquisas Criminológicas do Rio de Janeiro - CEPERJ

    ResponderExcluir