segunda-feira, 3 de maio de 2010

O poder das mulheres Maias

-
Cripta Maia revela o poder das mulheres

Vítimas de assassinato sugerem a força feminina nas culturas antigas.

Alexandra Witze
10 June 2005


Arqueólogos em pesquisa na cidade de Waká, na Guatemala, apresentaram um estudo em que apontam a possibilidade de que as mulheres tivessem grande importância política no antigo Império Maia. A hipótese foi baseada a partir da descoberta de uma tumba localizada sob a cidade, onde foram achados os corpos de duas mulheres assassinadas, provavelmente por conta de algum tipo de disputa entre povoados perto do ano de 400 dC.

O local foi descoberto e o significado de seu conteúdo tem sido bastante debatido entre os pesquisadores. Segundo eles, o sítio arqueológico é de extrema importância para reconstituir a história dos Maias e a possibilidade de que uma mulher, e não um homem, fosse morta em um desentendimento político.

Os arqueólogos acreditam que a cidade de Waká tenha vivido seu auge político entre os anos de 400 e 800 depois de Cristo, e que tenha um papel fundamental nas disputas entre duas grandes cidades Maias, Calakmul e Tikal.

Links: In Nature (em inglês).

Para saber mais (em inglês): Archaeology Waka



-

2 comentários:

  1. o que é essa imagem?

    ResponderExcluir
  2. Prezado/a Anônimo/a,

    Esta imagem é de um artefato – uma “tampa de pote de barro Maia policromada Waka” - exatamente como ilustra a matéria original da revista “Nature”, acessível no link referenciado ao final da postagem.

    A arqueologia tem feito importantes investigações que levam às ricas tradições da sociedade contemporânea Maia, como pode ser lido no outro texto referência anotado ao final da postagem - Archaeology Waka

    Mesmo nos sites de busca, as referências são predominantes em outras línguas, mormente em inglês. Em português ou espanhol, encontramos poucas referências, como:

    Universidade Metodista descobriu a tumba de uma rainha maia
    http://www.icrvb.com/conteudo.php?id=124

    XVIII Simposio de Investigaciones Arqueológicas en Guatemala, 2004
    http://www.famsi.org/reports/03101es/

    Caso tenha interesse pela matéria, sugerimos entrar em contato com o Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo - http://www.mae.usp.br/ - que, com certeza poderá oferecer orientação apropriada.

    Obrigada pelo contato,
    MLG

    ResponderExcluir